Categorias
Poemas

Tava a fim… de te falar

Faz quanto tempo que não te convenço?
Que não te venço?
Que a gente não brinca de sedução?
Que eu não te vendo verdades
Só jogando com a tua intuição?

Gosto de molhado
Sabor de pecado
É tudo que eu quero pra mim
Fruta tropical
Saudade do teu
Perfume de jasmim

Eu sei que tu nem gosta dessa flor
Mas tava a fim… de te falar amor
De te fazer calor
e todas essas coisas que a tua mente vai supor

Ah, eu sei meu namorado
Não tem nada de errado
Mas o fogo vira brasa
Me queima e me arrasa
Por não te ter como da primeira vez
E o tempo que se fez
Entre a paixão e nosso amor
Me fez lembrar de coisas
Então eu quero te propor
Celebrar seja o que for
Comemorar todos os dias
Como se o sol nunca mais fosse se por
E me deixa eu te lembrar
Que Deus te desenhou e te criou pra me amar

Esse tempo todo em brasa
Me pego meio rouco
Tentando seduzir
Dizendo ao teu ouvido
Que de louco e de Cazuza todo mundo tem um pouco.