Categorias
Poemas

O amor nos dias de hoje

O Poema abaixo escrevi em 97 para um trabalho de português da escola…. o trabalho tinha como tema o amor… e agente deveria versar sobre as mais variadas formas de amor…. nesse trabalho, eu fiz a capa de ponto-cruz ( já podem imaginar o que me rendeu na escola – 8ª série )… esse poema era o capítulo: “O amor nos dias de hoje”… e parece que ainda é bem atual….. hehhehe
Como é bonito de se ver
um casalzinho
hoje em dia se envolver.
Como é bonito de assitir
dois namorados
seu jeito natural de agir.
Como é comum de se ver
menina moça, nove meses depois,
o resultado aparecer.
O estranho não é isso,
é que eles
não assumem compromisso.
Como é fácil de encontrar
meninas querendo casar
e esquecendo de namorar.
Como é comum hoje em dia
num dia a tia, no outro a sobrinha,
uma semana depois…
Quem sabe a vizinha?
O interesante é que o amor,
nos dias de hoje,
ficou esquecido, um dia com uma, no outro com outra.
E embora mais liberado,
ainda existe muito tarado.
Tem até novela
que não mostra tudo
por causa do horário nobre.
Pobre, pobre amor,
virou joguinho de criança mimada,
é barbada,
não deu certo, acaba.
(André Hubler – Julho/97)